Como é calculado o valor do Bitcoin?

Como podemos saber o valor do Bitcoin? O que define a sua cotação? A lei da demanda-oferta? No que devemos estar atentos para saber o quanto vale um Bitcoin?

0 898

Como é feito o cálculo para definir o valor do Bitcoin?

 

A maneira como investimos em ações mudou, o mercado financeiro não é mais o mesmo e a tecnologia agora toma conta das principais formas de investimento que existem. A tendência das criptomoedas chegou para ficar e ganhou um lugar especial nas carteiras de diversos investidores do mundo. 

 

As criptomoedas vêm mostrando, com o decorrer dos anos, que são uma ótima opção para quem busca aplicar capital em recursos lucrativos que estão em alta. A perspectiva de rendimento das famosas moedas digitais é positiva, o que, por fim, acaba atraindo cada vez mais investidores. 

 

A tendência das criptomoedas surgiu já faz alguns anos. À primeira vista, os ativos eletrônicos pareciam tímidos, mas logo tiveram um boom, que fez com que milhares de investidores voltassem seus olhos para o ativo e suas possibilidades de ganho – e o uso prático de sua tecnologia. 

 

Com a chegada dessas novas opções no mercado financeiro, todo o cenário de investimento mudou e se adaptou ao novo modelo de “dinheiro” que só existe no mundo virtual. As criptomoedas são uma forma de monetização digital, ou seja, são moedas virtuais que possuem valor financeiro, assim como o tradicional dólar e o real que conhecemos. 

 

Há uma grande variedade de ativos eletrônicos, no entanto, um deles se destaca: o Bitcoin. Até mesmo aqueles que não conhecem o mercado financeiro já ouviram ao menos falar no famoso Bitcoin. A criptomoeda ganhou popularidade no mundo todo, conquistando investidores devido ao seu grande retorno de lucros e alta cotação no mercado. Desde o seu boom, o valor do Bitcoin vem crescendo cada vez mais, assim como seus adeptos que, inclusive, já conseguem realizar compras com a moeda

 

O Bitcoin, hoje em dia, é um dos criptoativos mais populares do mundo. No entanto, ainda são poucas pessoas que entendem como a moeda funciona e como o seu valor é calculado – afinal, não há nenhum banco ou órgão que regule o valor do Bitcoin.

 

Então, como funciona a cotação e o cálculo do valor do Bitcoin? É exatamente isso que você descobrirá ao longo deste conteúdo. Continue acompanhando!

 

 

O que é Bitcoin?

 

Bitcoin é dinheiro, e isso ninguém pode contestar, afinal, a moeda possui um alto valor monetário e pode ser utilizada para a compra de bens e serviços. Todavia, o que torna a moeda diferente é sua condição, que é completamente digital, ou seja, não é possível tocar ou guardar na carteira, como estamos acostumados com o dinheiro de papel, por exemplo.

 

O Bitcoin é uma criptomoeda de alto valor financeiro, conhecida no mundo todo como uma ótima opção de investimento para retorno rápido de lucros. A moeda eletrônica é ideal para transações online e, por isso, tornou-se tão popular. 

 

O criptoativo possui características únicas, que fazem com que o seu uso seja cada vez mais frequente. O Bitcoin não possui ligação com nenhum Banco Central, dessa forma, ele pode ser considerado um ativo livre, que não depende da economia local para determinar o seu valor. Além disso, o Bitcoin é uma moeda de fácil manutenção, que permite aos usuários realizarem movimentações de forma rápida, segura e, principalmente, barata. Assim, a demanda pelo ativo é grande, o que faz com que sua cotação seja um atrativo potencial para investidores. 

 

O Bitcoin teve seu ápice em 2017, quando sua cotação chegou a aumentar cerca de 1400%, o que corresponde a um total de R$ 19,3 por moeda. Desde então, apesar de algumas baixas, a procura pela moeda continuou crescendo e o Bitcoin ganhou ainda mais usuários. 

Essa perspectiva, por sua vez, fez com que países passassem a aceitar o uso corriqueiro da moeda, permitindo, portanto, a compra de produtos e até mesmo o pagamento de salários em valor de Bitcoin.

 

 

O que é a “cotação” e como definir o valor do Bitcoin?

 

Segundo o dicionário, a cotação é o ato de cotar, estabelecer um preço ou dar um valor a determinado produto, mercadoria, moeda, ação ou serviço. 

O termo é muito utilizado no mercado financeiro, principalmente quando nos referimos ao preço de uma moeda, como o dólar, o euro ou também o Bitcoin. A cotação é, portanto, o valor que determinado ativo financeiro possui, quanto ele vale no mercado.

Assim, ao falarmos a respeito da cotação do Bitcoin, estamos analisando o valor da criptomoeda no mercado. 

 

O Bitcoin é uma moeda digital que não possui quaisquer ligações com Bancos Centrais e Governos, dessa forma, sua cotação não é determinada pela economia de certo país ou problemas enfrentados dentro de uma federação, mas sim por características que envolvem o meio digital – e seus participantes.

 

Nesse sentido, o valor do Bitcoin pode ser determinado por diversos aspectos, que podem fazer a moeda subir ou cair no mercado. Por isso, antes de comprar ou vender Bitcoin, é fundamental conhecer o mercado e saber analisar a cotação da moeda para evitar prejuízos.

 

 

Como é definido o valor do Bitcoin?

 

Como é calculado o valor do Bitcoin?
Como é calculado o valor do Bitcoin?

 

A cotação do Bitcoin é feita, principalmente, em cima de um fator essencial: a oferta e demanda de moedas. Ou seja, o valor do Bitcoin é determinado de acordo com o número de pessoas que estão querendo comprar e vender, buscando investir na moeda.

 

Logo, o valor é dado dentro dessa perspectiva, definindo, portanto, os momentos de alta – quando há procura pela moeda – e de baixa – quando poucas pessoas estão comprando. 

 

Isso significa então que quanto mais pessoas estiverem querendo comprar a criptomoeda, maior será o valor do Bitcoin, pois, assim, não haverá oferta suficiente para cobrir a demanda – e a moeda será valorizada. Portanto, quanto mais pessoas comprando, mais caro será o valor do Bitcoin. Ao mesmo passo que se existirem mais pessoas vendendo, mais barato será o valor do Bitcoin.

 

O fator oferta e demanda é determinante para a cotação da criptomoeda, que oscila de acordo com os desejos do mercado e, principalmente, os investidores. Dessa forma, o valor do Bitcoin é definido pelo mercado e quanto ele acredita que a moeda deve valer. 

 

No entanto, além de tais aspectos, algumas questões também são importantes para definir o valor do Bitcoin, como a segurança que a moeda oferece e seu retorno financeiro. 

 

 

Por que acompanhar o valor do Bitcoin?

Para comprar e vender Bitcoin é essencial conhecer o mercado, pois assim você saberá reconhecer os momentos e alta e baixa da moeda. Quando se entende como o mercado funciona, fica ainda mais fácil conseguir lucrar com a comercialização do ativo, afinal, dessa forma é possível reconhecer, e até mesmo prever, os melhores momentos para se desfazer das suas moedas e recolher os rendimentos – ou comprar quando valor do Bitcoin estiver baixo. 

 

Ao acompanhar o valor do Bitcoin, você passa a compreender o comportamento das cotações da moeda no mercado e, com isso, sabe a hora certa para negociar e sair no lucro. 

 

 

Como o valor do Bitcoin é calculado?

 

O valor do Bitcoin corresponde à sua cotação, como você pôde ver nos tópicos acima. Sendo assim, o preço da moeda depende de diversos fatores, internos e externos ao mercado, que determinam o preço total do ativo para compra e venda de Bitcoin.

 

A cotação do Bitcoin pode ser acompanhada por algumas ferramentas na internet, como:

 

Dessa forma, o valor do Bitcoin é definido pelo mercado e alguns outros quesitos que interferem no funcionamento da moeda: segurança, potencial da tecnologia por trás do Bitcoin, usabilidade, autonomia e privacidade sobre o seu próprio dinheiro.

 

Vamos citar agora os casos de segurança com as plataformas que negociam Bitcoin. Nesse ponto, vale dizer que a rede do Bitcoin nunca foi hackeada, jamais passou por um caso de insegurança. Dito isso, sabemos que algumas plataformas podem apresentar inseguranças. Por exemplo, quando a plataforma é afetada por hackers ou sofre, de forma constante, com quedas de sistema, a confiabilidade dos investidores diminui, o que pode interferir sobre a cotação da criptomoeda se estivermos falando de alguma plataforma gigante, que atende traders do mundo inteiro.

 

Portanto, sempre busque uma plataforma segura, que nunca tenha sofrido qualquer problema de segurança com as criptomoedas ou dados dos usuários, como é o caso da Braziliex.

 

Além disso, o cenário financeiro mundial também corresponde a grande parte do valor do Bitcoin que, somado ao processo de oferta e demanda, resultam no cálculo total da cotação da moeda no mercado. Como está atualmente a economia mundial?

 

Descubra quais são os principais pontos que definem o valor do Bitcoin: 

 

 

Oferta e demanda

Em qualquer mercado, a lei da oferta e da demanda é um fator determinante para a definição de preços, seja de produtos, serviços e, como é o caso do Bitcoin, de moedas. Assim, independente do segmento, quem pontua o valor do Bitcoin é o mercado e os seus usuários. 

 

Por isso, não há como falar do valor do Bitcoin sem citar essa vertente, que explica a relação entre a procura de um produto e a oferta de vendas. 

 

Dessa forma, enquanto mais pessoas estiverem querendo comprar criptomoedas, maior será o valor do Bitcoin, pois a oferta será menor que a procura e, consequentemente, o ativo será valorizado. 

 

 

Novos investidores

Outro fator determinante é a quantidade de novos traders de criptomoedas, pois o interesse de mais investidores no mercado de criptomoedas corresponde a uma visão positiva desse setor no mercado.

 

Ou seja, mais pessoas negociando pode indicar a expectativa de uma maior demanda para o futuro, o que faz com que mais pessoas apostem na moeda e investidores que já estão no mercado paguem mais pelo ativo – o que aumenta o valor do Bitcoin.

 

Logo, através da análise do crescimento de negociadores, é possível estimar o comportamento do mercado: haverão mais procuras por comprar Bitcoin no futuro, a medida que novos negociadores se interessam por comprar Bitcoin?

 

Aceitação da moeda

Pense da seguinte forma: quanto mais uma moeda é utilizada no dia a dia, maior é sua popularidade e aceitação pelo público, o que faz a procura ser maior, aumentando, portanto, o seu valor no mercado. Esse ponto define a relação do uso mais recorrente das criptomoedas e o aumento do valor do Bitcoin. 

 

Com a consolidação do Bitcoin como investimento, cada vez mais novos apostadores vão atrás da moeda como maneira de ampliar a sua carteira, o que ajuda a somar no valor do Bitcoin. 

 

Por outro lado, a aceitação do Bitcoin no dia a dia, em casos de compras em estabelecimentos e outros usos práticos do Bitcoin, como o pagamento de salários, faz com que sua visibilidade seja maior e, assim, mais pessoas busquem a moeda como um opção viável de troca.

 

Recentemente, alguns países aprovaram o uso do Bitcoin como forma de remuneração salarial onde parte do salário mensal de funcionários pode ser pago com Bitcoin por empresas – o que demonstra a maior aceitação da moeda e o aumento do valor do Bitcoin no mundo.

 

 

Mudanças no mercado

O mercado é um aspecto determinante para o valor do Bitcoin, afinal, sem um bom cenário econômico não há motivos para investir em novas tecnologias e, com isso, a cotação do Bitcoin cai, da mesma forma como as demais criptomoedas.

 

Crises podem impactar a maneira como investidores analisam o mercado financeiro e, dessa forma, tais interferências refletem de forma direta no valor do Bitcoin, positiva ou negativamente, dependendo da situação. 

 

Desde o boom do Bitcoin, a moeda vem se mostrando uma ótima opção em momentos de crise, pois ela não é ligada a nenhum Banco Central ou Governo, o que a faz resistente a crises financeiras. 

 

A grande aceitação internacional da moeda faz com que ela seja uma opção alternativa para momentos de crises estatais, que afetam o valor de moedas locais. Assim, sua universalidade é pontual e ajuda muitos investidores em momentos delicados do mercado. 

 

Até então, as características do Bitcoin só somam para o seu crescimento, seja pela praticidade, pela tecnologia, pelos benefícios de privacidade e agilidade com que uma transferência de Bitcoin é feita ou por sua aceitação internacional. O fato é que, durante as crises, a moeda pode ser uma grande aliada para preservar o seu capital e não sofrer com os impactos da desvalorização de ações ou moedas mais tradicionais. 

 

O valor do Bitcoin é determinado por uma série de fatores, que dizem respeito à sua natureza, funcionalidade e aplicação no dia a dia, nas cadernetas de investimento ou na troca de bens. Questões determinantes para o valor do Bitcoin apenas demonstram a dinâmica da moeda, na relação de oferta e procura, mercado, aceitação e investimentos, que são colocados na prática no cálculo para definir a cotação do ativo. 

 

Sendo assim, uma vez que você compreende como todo esse processo é feito, é possível prever futuras oscilações e lucrar ainda mais com o Bitcoin. 

 

Logo, ao acompanhar de perto a cotação da moeda e o cenário do mercado atual, fica fácil entender como tudo funciona e, então, apontar as melhores épocas de compra e venda de Bitcoin, bem como suas futuras alterações em relação ao cenário do mundo financeiro. 

 

Investir em Bitcoin pode ser um ótima prática, principalmente quando você sabe como negociar a criptomoeda. Por isso, fique atento ao mercado e análise cada movimento do valor do Bitcoin, para você comprar e vender na hora certa – sempre contando com a ajuda de uma Exchange confiável, é claro!

 

Acesse www.braziliex.com e bons negócios!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.